Transtry fecha 1º semestre sem incidentes no transporte de carga químico perigosa

transtry-zero-incidentes-transporte-carga-quimico-perigosa

O primeiro semestre de 2021 da Transtry, finalizado dias atrás, foi representado por um significativo crescimento de 70% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Dentre os verticais de destaque, além do Automotivo e Industrial, as operações de Carga Química obtiveram significativa parcela de contribuição. Dos 220 clientes que operamos mensalmente, mais de 90 atuam neste segmento. Da carteira TOP 20 em volume operado, 12 são industrias químicas com mais alto nível de exigência em relação à gestão da saúde, qualidade, segurança e meio ambiente.

Desde 01 de janeiro até 30 de junho deste ano, realizamos 24.673 embarques de carga química nas operações Nacionais e Mercosul; Modais FTL, LTL e Projetos Exclusivos. As classes de risco mais operadas foram 3 – Líquidos Inflamáveis, 6 – Tóxico, 8 – Corrosivo e 9 – Diversos.

Com orgulho, compartilhamos que fechamos a primeira metade de 2021 com 0 incidente e 0 acidente de carga químico classificada.

Isto prova que todos investimentos em treinamentos de equipes, fornecedores/parceiros, renovação de frota, ampliação de estruturas para segregação de verticais, atualizações de licenças municipais estaduais e federais de transporte e armazenagem e, principalmente, cumprimento de todos itens mandatários e recomendáveis de nossas certificações SASSMAQ, tem valido a pena.

Ainda sobre a mais importante certificação para operar carga perigosa, importante observar que a partir de 2018 a Transtry optou por auditar individualmente cada uma de suas unidades e, por conseguinte, obter a certificação de maneira individual para cada filial. Isto trouxe um nivelamento mais efetivo entre colaboradores, aumentando a capacidade e especialização da Companhia.

Aos clientes, nosso muito obrigado pela confiança em nossas atividades. Em contrapartida, garantimos que seguiremos com trabalho diário e incessante para manutenção e elevação do nível de qualidade na prestação dos serviços ofertados.